Compromissos Cristãos Para 2022

Compromissos Cristãos para 2022

2022 será um ano diferente para você e seu ministério… Faça como mais de 25 mil irmãos do Brasil e de outros países que estão participando de um seleto grupo de profundos entendedores da Palavra de Deus e que alcançaram aprovação e reconhecimento ministerial… Você também deseja alcançar estes resultados? Clique aqui e saiba mais!

A- A+

Os compromissos cristãos que são feitos no início de cada ano, surpreendentemente, são incríveis. Inegavelmente, essa é novamente aquela época do ano em que, em um ataque de otimismo, fazemos grandes promessas sobre o que faremos neste ano, que inesperadamente abandonamos logo nos primeiros dias ou semanas do ano.

Ler a Bíblia inteira. Fazer um curso de Teologia. Realizar viagens missionárias. Entregar cestas básicas mensalmente. Realizar encontros mensais com amigos.

Em resumo, este artigo é uma orientação básica para oferecer uma maneira de começarmos o Ano Novo que pode mudar significativamente a nossa vida.

Se assumirmos estes quatro compromissos que Deus em sua Palavra nos incentiva a assumir, é provável que o ano de 2002 poderá se tornar um dos acontecimentos mais significativos de sua vida.

O Ano Novo, em vez de ser uma esperança sem garantia de uma vida diferente, podemos seguir o conselho de Deus, e tomarmos um caminho seguro para ter uma vida melhor. Por isso, eu quero desafiá-lo a fazer 4 novos compromissos para este ano novo.

1º Compromisso Cristão: Esqueça Suas Falhas

Há 2 mil anos, um dos primeiros líderes cristãos, Paulo deu este conselho:

“Esquecendo o que está para trás e avançando para o que está por vir, prossigo em direção ao objetivo para o qual Deus me chamou para o céu em Cristo Jesus.” (Filipenses 3:13-14)

Este ainda é um conselho prático e relevante para nós neste ano ano, ou seja, Deus continua conosco para que não vivamos aprisionados, principalmente, pelos nossos erros do passado.

Para muitos de nós, nossos fracassos são lembranças dolorosas. Talvez para você seja uma memória de como você falhou em um relacionamento. Você tomou as decisões erradas, disse e fez as coisas erradas.

Aqueles que são pais, provavelmente, sabem que falharam com seus filhos de alguma forma. Muitos de nós sabemos que falhamos com nossos pais. E é mais do que provável que muitos de nós saibam que, acima de tudo, falhamos com nós mesmos em alguns aspectos.

Dessa maneira, o que a Palavra de Deus está dizendo é que não devemos viver presos ao passado de modo que nos impeça de seguir em frente no futuro que Deus tem para nós.

Acredito que o início de um ano novo é um bom momento para enfrentarmos esse desafio. Para dizer a nós mesmos que, com a ajuda de Deus, vamos parar de nos torturar sobre o que fizemos ou deixamos de fazer. Este novo ano é um bom momento para parar de ficar acorrentado aos erros do passado, pois, a Palavra de Deus afirma que ele não quer que vivamos a vida nos marcando como fracassados.

Já que na cruz Jesus morreu para que pudesse nos perdoar, quando nos tornamos cristãos de propósito, esse perdão se torna uma realidade em nossas vidas, e isso nos permite perdoar a nós mesmos e esquecer nossas falhas.

2º Compromisso Cristão: Desista dos seus Rancores

No livro de Colossenses há um desafio que Deus deseja que você enfrente se quiser fazer de 2002 um ponto de viragem significativo em sua vida.

“Suportem um ao outro e perdoem um ao outro quaisquer queixas que possam ter um contra o outro. Perdoa como o Senhor te perdoou.” (Colossenses 3:13)

Você pegou esse desafio?

Deus, nessas palavras, nos desafia direta e pessoalmente a desistir de nossos rancores. Isso é o que ele quer dizer quando diz perdoem um ao outro, sejam quais forem as queixas que possamos ter um contra o outro.

Mas, o que é rancor?

Primeiramente, rancor é um ressentimento profundo e contínuo que cultivamos em nossos corações contra outra pessoa.

Em segundo lugar, rancor é um espírito implacável que leva a atitudes e ações implacáveis.

E, finalmente, guardar rancor é alimentar a antipatia por alguém.

O que você precisa saber é que os rancores são perigosos porque são destrutivos. Destroem casamentos. Separam famílias. Arruínam amizades e, não apenas isso, mas chegam a dividir igrejas.

Por isso, sejamos honestos o suficiente para admitir que um dos escândalos da Igreja são os rancores que os cristãos têm uns contra os outros.

Se guardamos rancor de alguém, Deus tem algo a nos dizer: – “Desista”.

Os rancores não são apenas destrutivos, mas também autodestrutivos. Quando guardamos rancor de alguém, nos machucamos tanto e talvez mais do que a pessoa contra quem temos rancor.

O Rancor Pode Matar Rápido

Houve um exemplo trágico de como os rancores são destrutivos. Um homem foi morto por um pacote-bomba e um casal se suicidou uma semana depois. Descobriu-se que o casal que havia cometido suicídio havia enviado a bomba por causa de um rancor que o homem tinha contra sua futura vítima, que remontava à escola. Finalmente, o rancor daquele homem destruiu sua vida.

Não se engane: continuar guardando rancor, acabará por nos destruir, senão fisicamente, certamente emocional e espiritualmente. Isso nos torna uma pessoa amarga e distorcida. O livro de Jó no capítulo 21 descreve pessoas que “não têm felicidade nenhuma, vivem e morrem com o coração amargurado”. Quem quer que esse seja o seu epitáfio?

De maneira idêntica, Jesus contou sobre o servo que foi perdoado por uma dívida enorme do rei e depois se recusou a perdoar uma pequena quantia a alguém? Jesus disse que seu espírito implacável o levou para a prisão. Max Lucado faz esse comentário interessante em um de seus livros. Ele diz: “Servos implacáveis ​​sempre acabam na prisão. Prisões de raiva, culpa e depressão.”

Qualquer ressentimento profundo que tenhamos contra qualquer pessoa tem que desaparecer. Que época melhor para tomar essa difícil decisão de perdoar do que o início de um novo ano?

Agora, não podemos dizer a Deus que é difícil perdoar, porque quando se diz isso o que realmente estamos dizendo é que não queremos perdoar. Mas, se Cristo pode perdoar nossos pecados, apesar de envolver a dor da cruz, então certamente podemos desistir de nossas mágoas custe o que custar.

A questão é: vamos fazer isso?

3º Compromisso Cristão: Restaure Seus Relacionamentos

Cada vez que ligamos o computador com antivírus, uma pequena janela aparece perguntando se queremos fazer uma verificação para ver se os programas estão funcionando corretamente.

Deus em sua palavra faz um convite muito semelhante. É o convite não para verificar se nosso software de computador está funcionando corretamente, mas sim para verificar se nossos relacionamentos pessoais estão funcionando corretamente. É assim que o Senhor lança esse desafio:

“Se for possível, quanto depender de você, viva em paz com todos.” (Romanos 12:18)

Desta forma, Deus está desafiando pessoalmente cada um de nós a fazer tudo o que pudermos para restaurar nossos relacionamentos, ou seja, o Senhor deseja que façamos tudo o que pudermos para restaurar todos os relacionamentos que deram errado em nossas vidas.

Assim sendo, alguns relacionamentos podem ter dado errado em nossa vida por causa do que outras pessoas fizeram e elas podem não querer que esse relacionamento seja restaurado. Deus reconhece isso. É por isso que ele começa dizendo “Se for possível”.

Mas sejamos honestos, alguns de nossos relacionamentos deram errado por causa do que fizemos, não foi?

Contudo, quando a palavra de Deus diz aqui que no que depende de nós, vivamos em paz com todos, isso significa que se causamos uma ruptura em um relacionamento, temos a responsabilidade de fazer todo possível para restaurá-lo. Que tudo inclui a única coisa que provavelmente achamos mais difícil: pedir perdão.

Talvez Deus esteja dizendo a alguns de nós que esta mudança de ano é o momento certo para restaurarmos aqueles relacionamentos que arruinamos e pedirmos perdão por aquelas palavras iradas ou por aquelas ações egoístas e impensadas.

Uma relação clara entre Restauração x Restituição

Keith Drury é um escritor brilhante da Igreja Wesleyana e em um de seus livros ele aborda todo esse assunto de restauração de relacionamentos quando fala sobre restituição. Isso é o que ele diz:

“a restituição trata de mais do que propriedade. Também é voltar e consertar as coisas que magoei ou fiz. É muito mais fácil para mim contar uma história do que contar-lhe os momentos difíceis e dolorosos que tive de pedir perdão a minha esposa, meus filhos, meu chefe, amigos e secretária.

Restituição é pedir perdão por palavras ásperas, língua rápida ou comentários cortantes. É pedir perdão a um irmão que você magoou, a uma mãe a quem você causou dor no coração ou a um ex-cônjuge que você difamou.

Restituição é confessar e pedir perdão a um antigo parceiro de negócios, vizinho ou colega de quarto. É admitir meus erros passados ​​em relacionamentos e humildemente buscar o perdão daquele a quem magoei. E é mais difícil fazer restituição pessoal do que restituição de propriedade.”

Não nos enganemos! Será difícil fazer, mas uma das coisas mais importantes que podemos fazer para marcar o Ano Novo é admitir nossos erros passados ​​nos relacionamentos e humildemente buscar o perdão de quem magoamos.

Assim sendo, estamos dispostos a enfrentar esse desafio e nos comprometermos a restaurar relacionamentos rompidos durante este ano?

4º Compromisso Cristão: Não Permaneça no Pecado

Durante a Guerra Civil Americana um dos principais generais confederados se chamava General Pettigrew e uma das coisas mais interessantes que descobri foi que depois que a guerra acabou e os escravos foram libertados, muitos escravos decidiram ficar com seu antigo mestre e continuar a fazer o que estavam acostumados a fazer. Eles foram libertados, mas escolheram viver como escravos.

O Novo Testamento diz que é exatamente assim que muitos cristãos escolhem viver. Cristo morreu para libertá-los, o Espírito Santo deu-lhes o poder de serem livres, mas assim como aqueles ex-escravos, eles ainda optam por obedecer ao seu antigo mestre, o pecado.

“Não deixe o pecado controlar sua maneira de viver, não ceda aos seus desejos lascivos… não somos mais escravos do pecado.” (Romanos 6:2)

Esse é um grande desafio que quando nos levamos para enfrentar, produzimos um ano significativo pela frente.

Quando Deus diz: “Não deixe o pecado controlar a maneira como você vive, não ceda aos seus desejos lascivos, Ele está lançando o desafio de virar as costas às suas transgressões.”

Os escritores cristãos costumavam falar sobre algo chamado de pecados persistentes. O que eles queriam dizer com pecados persistentes eram pecados específicos que um determinado cristão estava propenso a cometer repetidas vezes. Para a maioria de nós, quando somos salvos, desistimos de certos pecados facilmente, mas existem outras coisas que sabemos serem erradas e contra as quais realmente lutamos. Esses são nossos pecados persistentes. Muitos de nós acabamos optando por ceder aos nossos pecados persistentes e acabamos levando uma vida dupla.

Qual o nosso pecado persistente?

Em uma das edições da Leadership Journal havia um artigo de um pastor anônimo que descreveu sua batalha contra o pecado da pornografia. Como ele cedeu vez após vez e então foi dominado pela culpa. Talvez muitos de nós tenhamos vivido assim no último ano, constantemente derrotados pelos mesmos pecados de sempre. Por menor que seja.

Nossa vida espiritual está prejudicada porque aprendemos a viver com um pecado persistente?

Qual é o pecado que carregamos e precisamos largar a mão este ano?

Temperamento explosivo? Língua cáustica que adora assassinar o caráter de outras pessoas ou ferir seus sentimentos? Algum pecado sexual? Irregularidades administrativas e financeiras? Falta de compromisso com a verdade?

Acima de tudo, Deus em sua palavra nos desafia a virar as costas para aquele pecado persistente, seja ele qual for. Parar de deixá-lo controlar a maneira como vivemos. Parar de ceder a isso. Ele quer que paremos de obedecer ao nosso antigo mestre.

Sejamos claro sobre isso: a morte de Jesus quebrou o poder do pecado, o espírito santo pode nos dar o poder de resistir ao pecado e tudo isso significa que não precisamos entrar neste novo ano derrotado pelo mesmo pecado de sempre. Desta forma, nós podemos ser vitoriosos.

Deus diz que não somos mais um escravo do pecado. Então vivamos e ajamos como livres do pecado. Quando pedimos perdão a Deus por nossos pecados e resistimos a eles, então este ano novo será para todos nós não apenas uma nova era na história, mas uma nova era em nossa vida espiritual.

Você está disposto a comprometer-se com essas ideias?

Não podemos perder esta oportunidade. Você está disposto a…

Assumir esses 4 compromissos para 2002?

Esquecer de suas falhas?

Desistir dos seus rancores?

Restaurar seus relacionamentos?

Virar as costas para o pecado que tão de perto nos rodeia?

Este ano será incrível para todos os que se comprometerem com esses objetivos neste novo ano.

Se você deseja conhecer com mais profundidade sobre assuntos como este e obter excelente conhecimento bíblico e teológico, pode considerar estudar conosco nos mais completos cursos de Teologia, clicando aqui.

Aproveite e compartilhe este conteúdo!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin

Links Recomendados!

Deixe Seu Comentário!

Participe com sua opinião ou questionamento e vamos crescer juntos.

Você deseja entender a Bíblia mais rápido?

Clique no botão abaixo.
Em 2 minutos você vai receber um Guia de Estudos Bíblicos!

Porque Estudar no Instituto Logos?

Somos uma escola completa de Cursos Bíblicos e Teológicos 100% Online para formação de homens e mulheres comprometidos com a Palavra de Deus. Nossa missão é ajudar você aprofundar seu conhecimento para aplicar na pregação, no ensino, no ministério pastoral, no evangelismo, na liderança…!

Temos irmãos e irmãs de todas as igrejas evangélicas estudando a Bíblia conosco!

Porque Somos Reconhecidos?

O Instituto de Teologia Logos tem alcançado Reconhecimento Eclesiástico e Ministerial de todas as igrejas evangélicas no Brasil e em outros países.

Estamos entre os institutos mais lembrados por pastores, líderes e cristãos que desejam aprender da Bíblia e da Teologia.

Nosso compromisso é levar até você o conhecimento aprofundado da Palavra de Deus e da Teologia.

Quer receber esses Livros Grátis?

Guia da Teologia

Você deseja entender a Bíblia com muito mais profundidade?

Nós temos cursos com conteúdo de alto nível para você alcançar a profundidade da Palavra de Deus!

PESQUISA UNGIDA!

Qual é a sua Formação Teológica?

Escolha uma opção abaixo!

CURSOS ACEITOS EM TODAS AS IGREJAS EVANGÉLICAS!

Pacotão de Teologia

COMBO Pacotão de Teologia Avançada!

A Mais Completa Formação em Teologia com 6 Cursos + Certificados + Históricos + Credencial + BÔNUS exclusivos.
Doutor em Teologia - popup
Parabéns!
Você DESBLOQUEOU um Desconto Especial para começar ainda hoje seu curso de Doutor Teologia.